1ª Reunião da Marcha das Vadias Baixada Santista – o que rolou

Sábado, dia 30 de junho, rolou a primeira reunião pra organização da Marcha das Vadias da Baixada Santista (não sabe o que é a Marcha das Vadias? Olha nossa seção Quem Somos lá em cima). Lá, foram levantados alguns pontos importantes, sendo eles:

Foi consenso que devemos ter como meta a realização da Marcha no segundo domingo de agosto (19/08). Essa data não é uma certeza, mas é a meta com a qual vamos trabalhar por enquanto pois, além de ocorrer em época de volta ás aulas (julho, enquanto mês de férias escolares, não é legal pois muitos estudantes viajam e a cidade fica mais vazia), nos dá tempo suficiente para nos organizarmos.

Uma das idéias que surgiram pra divulgação, além da internet, lógico, foi a de cartazes e stencil espalhados pela cidade. Seria uma boa forma de dialogar com gente que não usa Facebook, como por exemplo pessoas mais velhas. Além disso, cartazes mantém um diálogo permanente. A Marcha Mundial das Mulheres, por exemplo, colocou cartazes ao longo da Avenida Augusta, em São Paulo, pouco antes da Marcha. Muitos deles estão lá até hoje, e são uma forma relativamente barata e fácil de atrair a atenção das pessoas.

Foi falado também da importância de incluir as vozes de profissionais do sexo na Marcha, já que são elas as maiores vítimas da culpabilização das mulheres pela violência que sofrem. Surgiram algumas idéias de cartazes que apontassem para essa questão, e uma das presentes á reunião falou que pode conversar com algumas profissionais para que elas participem.

A noite foi produtiva, tiramos algumas fotos com cartazes contendo slogans para que possamos começar a divulgação online da Marcha, algumas das quais você confere abaixo, junto com fotografias da galera botando a mão na massa pra produzir os cartazes. Mais fotos com cartazes divulgando nossos slogans e nossas mensagens você encontra na seção Fotos. Muitas outras virão, fiquem ligadxs!

Fotos de mulheres com os seios á mostra na Marcha das Vadias foram excluídas do Facebook por suposto “conteúdo pornográfico”. Mas quem disse que nossos corpos são naturalmente pornográficos?

Porque nunca é cedo demais pra aprender

Anúncios